quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Auschwitz foi libertado há 66 anos

Os Roma foram pela primeira vez convidados pelo Parlamento alemão para assinalar o Dia do Holocausto.

Cristina Peres (http://www.expresso.pt/), com Deutsche Welle e dpa
13:45 Quinta feira, 27 de Janeiro de 2011

A libertação de Auschwitz-Birkenau
foi há 66 anos. Andrzej Grygiel/EPA
Passam hoje 66 anos sobre a chegada das tropas soviéticas a Auschwitz-Birkenau, o maior campo de extermínio nazi, onde foram mortas um milhão e meio de pessoas, na sua maioria judeus europeus.

O dia da libertação de Auschwitz foi declarado dia internacional do Holocausto, em 2005, por uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas, já sendo anteriormente assinalado na Alemanha desde 1996.

Para as comemorações de 2011, o Bundestag escolheu para convidado de honra o Roma Zoni Weisz, que aproveitou a ocasião para avisar os deputados alemães de que os Roma da Europa de leste enfrentam novas ameaças e discriminação, vivendo em "guetos, em condições inumanas".

Weisz, atualmente com 73 anos, nasceu em Zutphen, na Holanda, e é o único sobrevivente de uma família que foi assassinada em 1944. A família foi deportada para Leste quando Weisz contava sete anos e ele sobreviveu graças a um polícia que o ajudou a fugir, tendo sobrevivido o resto da guerra escondido.

A maioria das vítimas do Holocausto era judia, mas calcula-se que entre 220 e 500 mil Roma também tenham morrido, genocídio que só foi reconhecido em 1982 pela então República Federal Alemã.

É a primeira vez que o destino dos Roma e dos Sinti europeus foi colocado no centro destas comemorações. Foi também a primeira vez que o Presidente alemão Christian Wulff participou nas comemorações do Dia do Holocausto. O Presidente Wulff tinha ainda na agenda um encontro com sobreviventes de Auschwitz, em conjunto com o Presidente polaco Bronislaw Komorowski.

Fonte: Expresso(Portugal)
http://aeiou.expresso.pt/auschwitz-foi-libertado-ha-66-anos=f628461

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget