quarta-feira, 7 de março de 2012

The Mimimi Song - o hino "revisionista"

Depois de uma "árdua luta" contra os "malévolos" "extermicionistas" do Holocausto dos Sábios de Sião, sendo refutados e tendo que constatar que a crença de que o Holocausto não existiu, como o nome diz, é só uma crendice e fanatismo político (dogmatismo) "revisionista", e também alegando combater o "sionismo internacional"(sic, eufemismo pro termo "judeus"), nossos "bravos" e "honrados" "guerreiros(as) "revis" costumam entoar um tema da "vitória". Um verdadeiro hino pros "revisionistas".

Com vocês, o tema da "vitória" "revi", a The Mimimi* Song. Nunca antes um vídeo e uma música resumiram tanto o sentimento "revi" após um "árduo combate" contra os 'malígnos' "exterminacionistas" do Holocausto (expressão usada por "revisionistas" para citar antirrevisionistas). Curtam o vídeo e a música.



*Definição politicamente incorreta de "mimimi": desciclopédia
*Definição alternativa e mais ou menos politicamente correta de "mimimi": link (vulgo "choro")

10 comentários:

Pronto, falei! disse...

Ótimo!
Os bandidos-revis, após 30 segundos mudam a letra para bua...bua...bua...Até porque não conseguem decorar a letra do hino.
A melhor definição está aqui:

http://desciclopedia.ws/wiki/Soberanos_da_Revolu%C3%A7%C3%A3o

Roberto disse...

"Ótimo!
Os bandidos-revis, após 30 segundos mudam a letra para bua...bua...bua...Até porque não conseguem decorar a letra do hino. A melhor definição está aqui:"


Às vezes "elas" ficam 'agressivas' e 'descontroladas', rsrsrsrsrsrs, só que com o mimimi e o choro juntos, rsrsrsrsrsrsrs. Eles clamam que são a favor do "livre debate" mas qualquer um confere fácil a 'prisão' que é os fóruns "revis", não andou na linha deles, ban (na melhor das hipóteses).

Roberto disse...

"http://desciclopedia.ws/wiki/Soberanos_da_Revolu%C3%A7%C3%A3o"

Boa, rsrsrsrsrs. Essa parte aqui contém 'cenas' da vida real, isso já aconteceu, rsrsrsrs:

"Os negros são feios
Sabe a Mariah Carey, a Beyoncé, o Akon e o Chris Brown? Eles são os mais feios de todos, nem sei porque estão na capa dessas revistas, argh, dá até nojo! Aquela judia que você viu naquele filme pornô? Cruzes! Aquela enfermeira morena que te leva pra caminha no hospital, morra, mocréia!"


Caso da Miss Itália ofendida por um grupo de neos brasileiros no Stormfront por ser negra: "Revisionistas" fazem ataque racista na web contra Miss Itália brasileira

"Revis": "Ai! Que nojo! Tira isso daqui!", rsrsrsrsrsrsrs.

E vale deixar bem claro que todos esses imbecis neonazis desse site racista ligado à Klan dos EUA são negacionistas do Holocausto. Sempre aparece gente "desinformada" alegando que uma coisa não tem "nada a ver" com a outra(de que o movimento "revisionista" não têm nada a ver com o neonazismo/neofascismo, antissemitismo/racismo etc), mas os fatos falam por si.

Pronto, falei! disse...

Tempos atras, fui expulso do forum do imbecilidade.com.br por só observar, sem postar. Nunca mais tantei me inscrever. Impressionante o racismo que se pratica ali. Tinha uma dupla de chiliquentas, se não me falha a memoria, tuisto e robson. Como escreviam asneiras! Não admitiam ser contrariados e partiam logo para a agressividade e baixarias. Eles gostavam de utilizar o termo "talmudista"...Garanto que nada conhecem sobre isso. E, muito pareciam personagens deste link que postei. Para eles, lugar de mulher é na cozinha. Eles gostam é de cia.de machos! rsrsrs

Roberto disse...

"Tempos atras, fui expulso do forum do imbecilidade.com.br por só observar, sem postar. Nunca mais tantei me inscrever. Impressionante o racismo que se pratica ali."

Semelhante as Cesspits do Orkut, só que deve rolar coisa mais pesada pelo fórum ser fechado e o Orkut está praticamente morto (perdeu o atrativo pros "revis" brasileiros, como também por conta da polícia monitorando as comunidades no Orkut).

"Tinha uma dupla de chiliquentas, se não me falha a memoria, tuisto e robson. Como escreviam asneiras! Não admitiam ser contrariados e partiam logo para a agressividade e baixarias. Eles gostavam de utilizar o termo "talmudista"...Garanto que nada conhecem sobre isso. E, muito pareciam personagens deste link que postei. Para eles, lugar de mulher é na cozinha. Eles gostam é de cia.de machos! rsrsrs"

A neura desse pessoal com o Talmud é mesmo hilária, nunca vi um livro religioso despertar tanta neurose num bando, o pior são as coletâneas em sites de falsificações do Talmud, o pior deles é um site norte-americano de nome Come-and-Hear que alega pôr uma cópia de uma tradução (Soncino) do Talmud pro inglês só que é cheia de enxertos com falsificações do mesmo.

Esse site Come-and-Hear faz "sucesso" com os "revis" mundo afora e o pior é que não há uma exposição clara em sites como o USHMM e outros sobre esses sites bastante visitados na rede com falsificações antissemitas. Tem outro site de um neonazi norte-americano que inclusive tem link citado na Jewish Virtual Library. Depois cato o nome do site e coloco aqui.

Roberto disse...

Achei o nome do outro site que citei, se chama Scrapbookpages (o link é scrapbookpages.com). O dono do site tem um blog chamado Furtherglory hospedado no wordpress (blog).

Um cara alegou que se trata de um neonazi texano, em todo caso não há dúvidas de que é um "revi"/neo e é dos EUA, provavelmente ligado ao bando do Bradley Smith do Codoh já que no site dele tem links pruma maluca racista que tem um site "dedicado" ao Wiesel, esqueci do nome da maluca.

O pior é que no site Jewish Virtual Library, que é um site bastante visitado pra consulta, eu vi uma página dele com link com texto desse site "revi". O texto é tão bem forjado que os caras nem perceberam que estavam copiando material de site antissemita (quando deveriam ter pesquisado e colocado um texto sem copiar da internet).

Só não lembro onde salvei o link mas é fácil de achar, geralmente quando se procura algo por Dachau sempre cai nesse site e a maioria das pessoas acha que esse Scrapbookpages não é um site "revisionista".

É a famosa "tática" "revi" de camuflagem, eles faziam isso no VHO pegando textos anti-"revis" e colocando no site pra quando a pessoa procurar por algum termo em sites de buscas cair no site "revi" por engano atraídas pelo texto copiado hospedado nele.

Pronto, falei! disse...

É uma falsa tradução/interpretação de um tal Reverendo I. B. Pranaitis. Esse sujeito não existe e nunca existiu!
O grande problema dos nazi-bandidos está em assumir o que realmente esejam:
- Praticar o anti-judaismo!
Nem para isso são machos!

Roberto disse...

"É uma falsa tradução/interpretação de um tal Reverendo I. B. Pranaitis. Esse sujeito não existe e nunca existiu!"

Não sei se os enxertos do Come-and-Hear são partes do livro do Pranaitis ("Talmud Desmascarado"), mas aparentemente não tem nada a ver, a falsificação do Come-and-Hear é bem mais elaborada.

O site apresenta uma falsa cópia de uma tradução pro inglês do Talmud e coloca enxertos com partes que não existem no texto original. A falsificação é bem mais difícil de identificar que essa do Pranaitis lançada sob o nome de "Talmud Desmascarado" como livro.

O Pranaitis existiu, era um padre antissemita lituano. Link.

O site Come-and-Hear com essa falsa versão do Talmud é dos EUA, de uma protestante antissemita negadora do Holocausto.

Roberto disse...

"O grande problema dos nazi-bandidos está em assumir o que realmente esejam: - Praticar o anti-judaismo! Nem para isso são machos!"

Não creio que esses caras estejam preocupados ou interessados em judaísmo enquanto religião, tirando os carolas que são movidos por crença religiosa e ódio religioso. A crença maior desses caras é referente a judeus como grupo étnico e a ideia/crença contida no panfleto antissemita Protocolos dos Sábios de Sião com a ideia do "controle judeu-maçônico" do mundo, quando não pregação de supremacia racial (a parte mais radical do credo, os White Power). Há algumas vertentes nesses grupos fascistas, as mais radicais e menores são ligadas a esses supremacistas White-Power.

Embora isso seja também um trapolim pra prática de nacionalismo xenófobo manipulando antissemitismo, embora vários deles acreditem piamente nessas crendices dos Protocolos dos Sábios de Sião.

Pronto, falei! disse...

O que se pode esperar dessa corja de bandidos, que acreditam que os protocolos é uma "obra" verdadeira, que Sergio Oliveira e S.E. Castan (que o diabo o tenha)??? Os dois "autores" (para mim atores) e a bíblia CODOH defendem a idéia de que os verdadeiros culpados pelo início da II GM foram os judeus, e não o governo nazi. Apresentam como prova de tal argumento uma suposta declaração de guerra dos judeus aos alemães (e acreditam nisso). Tal "prova" porém, trata-se de uica e exclusivamente de um recorte de jornal “"A Judéia declara guerra à Alemanha"”, publicada no tablóide inglês “Daily Express”, famoso por seu caráter sensacionalista. O texto apresenta somente a reação de judeus norte-americanos e ingleses frente às perseguições antissemitas ocorridas na Alemanha.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget