sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Deputada grega considerou imigrantes "sub-humanos"

Elena Zaroulia, deputada do partido Neonazi Aurora Dourada, considerou os imigrantes albaneses e russos "sub-humanos que transmitem doenças aos gregos". Palavras polémicas quando foi eleita para o comité de igualdade do Conselho da Europa.

foto Arquivo Global Imagens
Parlamento grego

Deputada grega considerou
imigrantes "sub-humanos"
Elena Zaroulia é deputada do parlamento grego pelo partido neonazi Aurora Dourada, mulher do líder do partido, Nikolaos Michaloliakos, e, na quinta-feira, causou polémica ao classificar os imigrantes na Grécia como "sub-humanos" que têm "todo o tipo de doenças".

O tom do discurso refere termos normalmente usados pelo partido neonazi, mas a polémica instalou-se pelo facto de Elena Zaroulia ter sido eleita, no início de outubro, como membro do comité de igualdade e anti-discriminação do Conselho da Europa.

A declaração foi feita quando a deputada grega criticava os direitos dos imigrantes na Grécia e reclamava tratamento distinto para os gregos de raízes albanesas e russas. O parlamento grego manifestou a sua condenação e pediu à deputada para se redimir das afirmações, mas Elena Zaroulia recusou.

Associações de direitos humanos em vários países já se insurgiram contra Elena Zaroulia e questionaram a nomeação de um membro de um partido xenófobo e antissemita para uma comissão europeia de igualdade racial.

Fonte: Jornal de Notícias (Portugal)
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=2837766

Ver mais:
'Immigrants Sub-Humans' says neo-Nazi Golden Dawn Female MP as Police Collusion Row Intensifies (International Business Times)
Deputada grega diz que imigrantes são «sub-humanos» (tvi24, Portugal)

Um comentário:

Plínio disse...

È inacreditável que possa existir uma pessoa capaz de se manifestar da maneira que essa senhora fez, ainda mais em se tratando de uma deputada, uma pessoa que, supostamente, possui capacidade intelectual suficiente para discernir sobre o que é justo e injusto, sobre o "bem" e o "mal", sobre o que é ser "misericordioso" e aquilo que significa ser "impiedoso" e humanamente abominável. Fico me perguntando, como é que uma pessoa que tem um coração tão amargurado, tão odioso quanto odessa senhora, pode ser escolhida para ser representante de uma "comissão de igualdade" e anti-discriminação? Ela deveria ser "eleita" como representante do "Anjo Caído", de Lúcifer!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget