quinta-feira, 28 de março de 2013

Parlamento da Rússia analisa proposta de lei para punir defensores do nazismo e quem nega o Holocausto

Documento endureceria Código Penal russo
27/03/2013 10h33

Um projeto de lei reafirmando a inaceitabilidade de quaisquer tentativas para reviver o nazismo foi submetido à Duma, câmara baixa do Parlamento da Rússia, na segunda-feira, 25. Elaborado pelo senador Boris Shpigel, o projeto quer punir quem tentar negar o Holocausto ou transformar criminosos nazistas e seus cúmplices em heróis.

Segundo seu autor, "a necessidade de elaborar um projeto de lei destacando a inaceitabilidade das intenções voltadas para a redenção do nazismo (...) decorre, por um lado, do alcance crescente das tentativas de rever os resultados da II Guerra Mundial e justificar crimes contra a paz e a segurança (...), e, por outro, da ausência de um quadro que regulamente os esforços para impedir o renascimento do nazismo em diferentes áreas da vida pública e estatal".

Shpigel também propôs a introdução de alterações ao artigo 282 do Código Penal russo que obrigariam os condenados por estes crimes a pagar multas que variam de 100 mil a 300 mil rublos (aproximadamente, US$ 10 mil), ou uma quantidade equivalente ao seu salário por um ou dois anos.

Como alternativa, o projeto prevê que os culpados possam ser condenados a até 360 horas de serviço comunitário, ou até mesmo a uma pena de prisão de até dois anos. Por outro lado, multas de até 500 mil rublos (mais de 16 mil dólares) poderiam ser impostas a pessoas que cometessem tais crimes por meio de violência ou ameaça, abuso de autoridade ou dentro de grupos organizados.

Nesta classificação, as sanções alternativas incluem uma multa equivalente ao salário de três anos da pessoa condenada, a proibição de exercício de cargo público por até cinco anos, até 480 horas de serviço comunitário, ou pena de prisão de até cinco anos.

Fonte: Diário da Rússia
http://www.diariodarussia.com.br/fatos/noticias/2013/03/27/parlamento-da-russia-analisa-proposta-de-lei-para-punir-defensores-do-nazismo/

Ver também:
Russia moves to criminalize Holocaust denial (RT, Rússia)
Russian senator suggests punishing attempts to revive Nazism and deny Holocaust (Russia Beyond the Headlines)

2 comentários:

Daniel Moratori disse...

Acho uma piadas esses neonazistas russos. Hitler queria dizimar esse povo e agora brotam seguidores por lá. Se for no site do Dmitry Demushkin, é de fazer rir as ideias do cara. O pior de tudo é ouvir a visão dele sobre o nazismo, como libertador. E arrasta de "pessoas" atraz dele. O jegue acha que só por ser branco pode ser nazista. É uma incopetencia tão grande sobre historia da 2ª guerra que da vergonha de ser da raça humana as vezes.
As historias sobre o RONA e POA são as mais sem noção.

Guefiltefish disse...

Não só queria dizimar os Russos. Esse desejo chegaria a estas bandas. Alguma dúvida?
Quanto aos sites, acabam se tornando ponto de encontro de desajustados, onde podem postar o saudosismo pela "Deutchland Uber Alles". Saudosismo made in Paraguay para uma galera de 20 ou 30 anos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget