quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Museu do Holocausto recupera diário de Alfred Rosenberg. Diário completo colocado online

Museu do Holocausto recupera diário de criminoso de guerra nazi

O Museu do Holocausto dos Estados Unidos anunciou hoje ter recuperado o diário de um quadro nazi, que está disponível 'online' para promover o conhecimento sobre o extermínio de judeus e outras minorias orquestrado por Adolf Hitler.

REUTERS/Gary Cameron
Museu do Holocausto recupera diário de criminoso de guerra nazi
O Museu do Holocausto, situado em Washington, tentou, durante anos, recuperar o diário de Alfred Rosenberg, fiel do ditador alemão e um dos principais autores e promotores da teoria da supremacia da raça ariana.

"Hoje, a busca termina", regozijou-se a diretora do museu, Sara Bloomfield, na cerimônia oficial de transferência para as autoridades federais americanas das 425 páginas, manuscritas e datilografadas, que constituem o diário.

Depois de ter passado por várias mãos, o documento estava agora na posse de um editor acadêmico americano, que o terá recebido de um dos promotores públicos envolvidos nos julgamentos de Nuremberg.

Desaparecido desde 1946, quando terminaram os julgamentos de Nuremberg aos crimes cometidos pelo regime nazi, o diário de Rosenberg ilustra, ao longo de um período de dez anos, com início em 1934, o plano racista que conduziu ao extermínio de seis milhões de judeus e cinco milhões de pessoas de outras minorias étnicas ou sexuais.

Capturado pelas tropas aliadas no final da II Guerra Mundial, Rosenberg foi condenado em Nuremberg e executado em outubro de 1946, aos 53 anos.

Fonte: Tsf/Reuters (Portugal)
http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Internacional/Interior.aspx?content_id=3593500

Pra quem quiser ver o diário completo online, o USHMM disponibilizou as páginas digitalizadas e transcritas (em alemão): Diário de Alfred Rosenberg
http://collections.ushmm.org/view/2001.62.14?page=1

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget