sábado, 12 de abril de 2014

[Pausa Musical] - Aula Espetáculo de Ariano Suassuna

Como eu coloquei o nome nesse "off topic" de "Pausa Musical" não irei alterar o nome pra adaptar pra outro assunto pois é melhor que todos esses posts "off" fiquem na mesma tag. Em todo caso, essa "pausa musical" não é sobre música e sim sobre uma aula-espetáculo dada pelo escritor, e imortal da ABL, Ariano Suassuna. Vale a pena assistir.

Uma aula da boa e autêntica literatura e cultura brasileira.

Pra quem não conhece (pois o blog é acessado por gente de vários países e podem não conhecê-lo), Ariano Suassuna é paraibano mas passou a maior parte da vida no Recife (chegou ainda adolescente). Suponho que provavelmente ele deve se identificar mais com Pernambuco que com o estado natal, embora nunca tenha renegado sua terra natal. Pra quem não conhece geograficamente e historicamente, há uma certa "simbiose" entre Pernambuco e Paraíba, principalmente na parte litorânea, embora haja diferenças, como por exemplo, nós (pernambucanos) torcemos clubes de nosso Estado e não pra clubes de outros Estados, enquanto na Paraíba a maioria da população torce pra times do Estado da maior emissora do país que ascendeu na Ditadura Militar (não vou citar o nome, quem lê dá pra deduzir qual é). O Ariano Suassuna torce também pro meu time, o que é um grande motivo de orgulho ("mal aê" pro resto de vocês, rsrsrsrs).

Sua peça mais famosas é o Auto da Compadecida, que já foi adaptada pra cinema e TV e é bem conhecida em todo o país. Ele também foi idealizador do Movimento Armorial, acho que dos anos setenta, no Recife. Dá um clique aqui e aqui pra ter uma ideia do que é Movimento Armorial.

Eu não irei discutir aqui no post minha "birra" com o termo regional pois já disse o que penso sobre isso (link) em outros posts mas falta ainda um post pra tratar do livro "A Invenção do Nordeste", ainda farei um post só tratando do assunto (algum dia, quem sabe, 2015, por aí, rs). Esses regionalismos forjados do Brasil (e esse foi criado na Ditadura Vargas) criam mais problemas do que "soluções", mitologias típicas de ideologia fascista, além de atacar a identidade de Pernambuco como Estado com significativa história e trajetória única no Brasil. Não irei abrir mão dessa identidade porque A, B ou C não gosta disso e quer massificar uma identidade oriunda de alguns Estados passando por cima até dos nomes de cada Unidade da Federação Podem ralhar e chiar pois não é algo incompatível com o Brasil (o fato de alguém se identificar com seu Estado e ser brasileiro), pelo contrário, historicamente o Brasil como nação surge em PE (Batalha dos Guararapes) (a ideia de Nação no Brasil), então dá quase no mesmo, mas fica a discussão pra outro post.

Isso não tira o mérito artístico e estético do movimento acima e da literatura criada em torno dessa ideia regional, embora não morra de amores pela ideia de divisão regional (eu detesto mesmo, por se tratar de uma imposição alheia e invenção). Essa melancolia rural tentando forjar um "bom selvagem" mitificado em contraposição a outras regiões do país (criadas na mesma época), em cima de locais que foram núcleos de colonização do Brasil (eram estados e cidades fortes) até a mudança disso em 1808 com a vinda da Coroa Portuguesa pro Brasil fugida de Portugal é um dos maiores deformadores de identidade nacional que já criaram.

Mas deixem essas divagações de lado e confiram a aula-espetáculo abaixo. Taí um Ariano que a gente deve gostar, rs.

P.S. último recado pros que ficam enchendo o saco choramingando citando as porcarias que são passadas na TV aberta brasileira (os canais com maior audiência): ao invés de ficar de choro reclamando e enchendo o saco alheio, podem ir atrás de informação sobre literatura e artes pois há cultura boa no país. Ninguém tem culpa de você não saber disso, então não reclame com afirmações de "não tem nada nesse país" por simplesmente ignorar as coisas. Agora se você espera que isso caia do céu? Continue esperando pois não vai cair, e chorando (longe). Pra quem quer algo impactante em literatura, música etc, irá encontrar sempre coisas boas, quem geralmente reclama é porque só assiste TV e fica bitolado naquele "circuito" alienante, então desligue a TV se a programação não presta. Menos choro e procurem se informar mais a respeito da cultura (literatura, música) já produzida no país.

Post começado em: 05.09.2013

Aula Espetáculo Ariano Suassuna

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget