quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

O Conhecimento Croata do Holocausto





Em 16 de dezembro de 1941, Pavelic admitiu a Ciano que a população judaica da Croácia tinha encolhido de 35.000 para 12.000. Ciano registrou, "o jovem[Eugene]Kvaternik explica esta diminuição com a palavra "emigração", acompanhado de um sorriso que não deixa qualquer margem para dúvidas." Assim, temos prova de que o eufemismo "emigração" era conhecido até pelos estados satélites como matar [Hilberg, A Destruição dos Judeus Europeus, 2003, Volume 2, pág. 760]. Em 17 de Julho de 1942, Marcone escreveu a Maglione, "O governo alemão pediu a extradição de todos os judeus residentes da Croácia para a Alemanha dentro de seis meses, onde, de acordo com Kvaternik, 2 milhões de judeus foram mortos nos últimos tempos. Parece que o mesmo destino aguarda os judeus croatas, especialmente os velhos e incapazes de trabalhar. "O documento original italiano é copiado em Actes, Volume 8, páginas 601-602, que está on-line aqui. A tradução para o inglês está aqui, e também citado por Hilberg, na pág. 762 e Morley, página 153.



8 comentários:

Roberto disse...

Os "revis" não dão um pio sobre o genocídio na Croácia, por que será? Até os gurus revimanés 'meio' que "ignoram" o Holocausto na Croácia.

Pronto, falei! disse...

Os bandidos estão (não poderia ser diferente) aflitos. Se apegam a meia dúzia de falsos argumentos e meia dezena de falsos historiadores. Melhor seria "estoriadores". Fatos como o Genocídio Croata e outros, se levados a essa corja de marginais "arianos-pizzaiolos-caboclos", a resposta virá com argumentos da crise do O.M. e outras baboseiras.
Desespero, meu caro!
Como vez ou outra, por mera curiosidade, dou uma "xeretada" (sem postar) nos blogs/sites dos bandidos, vejo pérolas como a que acabei de ler no bolg de um nanico luso-ariano do PR. Pasmem! Os prédio que cairam no Rio de Janeiro foi obra do judaismo internacional. E o dono do "blog -lixo" escreve o seguinte:
"Salman (Salomão) Rushdie, o autor de Os versos Satânicos, é um judeu nascido na Índia".
Depois se dizem "sérios historiadores".
Tudo pela prática da judeofobia.

Pronto, falei! disse...

O "Daily Squib" agora é fonte séria de pesquisa e informação para o bandido pizzaiolo do "imbecilidade.com.br".
É realmente inacreditável! (risos)

Pronto, falei! disse...

O pizzaiolo acaba de tirar do ar. Além de bandido, é um palhaço!

Roberto disse...

"Os prédio que cairam no Rio de Janeiro foi obra do judaismo internacional."

Chegaram a uma "conclusão" antes da perícia no Rio? 'Clarividência mediúnica', rs.

""Salman (Salomão) Rushdie, o autor de Os versos Satânicos, é um judeu nascido na Índia"."

Na verdade o autor era muçulmano, de família muçulmana. Só que o texto onde é citado isso é atribuído ao Ives Grandra só que no site do próprio não consta as notas de rodapé que cita essa pérola sobre o Rushdie, fora que não aparece a cópia online no Jornal do Brasil.

Roberto disse...

"Depois se dizem "sérios historiadores"."

Não há no Brasil "historiador" "revi", ou pra ser mais preciso, um "revisionista" que possa ser chamado de "guru" como os de fora(os ditos "revisionistas", o termo é usado entre aspas pois é inadequado): David Irving, Faurisson e cia.

A maioria dos textos em sites "revis" é tradução/reprodução de sites "revis" estrangeiros. Fora que a audiência em torno disso acaba se concentrando num mesmo grupo chegado a esses "temas", pois o público mais abrangente tem se concentrado mais em assuntos relacionados aos conflitos no Oriente Médio do que propriamente "revisionismo".

Pronto, falei! disse...

As notas de rodapé foram feitas pelo dono do blog, um luso de metro e meio. Um genuíno "ariano"!
O pulha é mestre em falsificações.
Esse se diz censurado. Deve ser a nível de "audiência". O blog cheira a mofo e um comenarista posta com diversos "nicks". O pior é que o comentarista é arabe-ariano. O mestre dos "ç".

Pronto, falei! disse...

A propósito, mandei email com o link para o escritório do Dr. Ives Grandra, comentando que seu artigo e seu nome anda rodando por sites/blogs racistas. É aguardar.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget