quarta-feira, 30 de maio de 2012

Crimes de Ódio na Internet (áudio)

Sugeri mais de uma vez ao pessoal que chega com dúvidas sobre o problema do título do post, e também pros que começam a "bancar justiceiros" ou se meter a "virar heróis", que ouvissem esse áudio inteiro do post antes de sair por aí fazendo besteira e criando problemas.

O motivo da sugestão se deveu ao fato de que muita gente fazia denúncias aleatoriamente na rede e com certa frequência chegavam perguntando coisas banais que elas mesmas poderiam procurar por esse tipo de informação sozinhas.

Aproveitando o post e o assunto, outro ponto que sempre chamou atenção é sobre o baixo conhecimento dessas pessoas em relação ao problema (neonazismo, antissemitismo, segunda guerra, nazismo, fascismo, racismo). Boa parte "sabe" vagamente do que se trata, ou porque viram algum filme ou reportagem na TV, e geralmente acabam indo em busca de informações em sites de internet (geralmente trombando com o primeiro site dos ditos "revisionistas" que pinta pelo caminho), ao invés de procurarem ler um livro de algum historiador de peso sobre o assunto, algo que é totalmente acessível (biblioteca e afins) se a pessoa não quiser seguir a linha do "aprender por "osmose" (vulgo "fazer de conta que aprendeu algo porque ouviu terceiros falando sobre o assunto").

Espero que a crítica acima não seja levado a mal ou negativamente, até porque não compartilho (tampouco compactuo com a mesma) da ideologia predominante na grande mídia brasileira que pra fazer oposição ao governo ou mesmo atacar o país, tenta achincalhar o país e minar o moral e a autoestima do povo pra que o mesmo se sinta diminuído. Mas a observação feita acima não é mera bobagem, preconceito ou implicância, mas sim uma constatação séria porque penso que não há espaço pro combate desse tipo de extremismo e racismo com um conhecimento tão vago, superficial ou distorcido sobre o assunto (e às vezes nem isso ocorre) guiado por um intuito de "boa intenção".

Em todo caso, creio eu que o vídeo abaixo esclarecerá um pouco (ou muito) o problema.

Segue abaixo um vídeo com o áudio de uma palestra dada em 2007 na Fierj, mais ou menos na época que começou a repercutir com mais força na imprensa a "explosão" de crimes virtuais em decorrência do mau uso do Orkut por parte dos usuários, em decorrência também do mau funcionamento do site e de seu suporte (o Orkut é uma rede social do Google em franco declínio que foi um dia uma "febre" no Brasil), onde um delegado da PF explica detalhadamente como agem e atuam esses bandos envolvidos com esse tipo de doutrina, e como a PF(Polícia Federal) atua sobre isso.

Pro pessoal que quer fazer "arte" na rede e de quebra criar inúmeros problemas decorrentes desse tipo de ação desastrosa (bem intencionada ou não), é bom escutar o vídeo inteiro.

Podcast - íntegra da palestra do delegado de polícia federal Welder Oliveira sobre o combate aos crimes de internet no Brasil

3 comentários:

Daniel Moratori disse...

Estou terminando um trabalho gigante e aproveitei e deixei o áudio ligado dessa reportagem, não conhecia. Muito bom. Interessante que ele cita varias vezes White powers e suas maquinações e eventual investigação e ação contra eles.Mas em âmbito geral, o vídeo aborta outras coisas também muito interessantes de crime virtual.

Roberto disse...

"Estou terminando um trabalho gigante e aproveitei e deixei o áudio ligado dessa reportagem, não conhecia. Muito bom. Interessante que ele cita varias vezes White powers e suas maquinações e eventual investigação e ação contra eles. Mas em âmbito geral, o vídeo aborta outras coisas também muito interessantes de crime virtual."

Daniel, eu diria que pro pessoal que quer "peitar" de alguma forma esses bandos (o peitar está entre aspas pois depende da interpretação de cada um, eu pessoalmente acho que a informação e conteúdo é uma forma de atacar isso e faz bem mais estrago que esses trolls querendo "bancar heróis" indo provocar briga com eles ou bater boca), precisam ouvir esse áudio, pois a impressão que eu tinha e tenho do pessoal do Orkut (que pelo visto está se dispersando com o fim daquela rede) que aparecia "combatendo" isso ou diziam fazer esse tipo de coisa, é de que a maioria absoluta deles não têm a menor noção de nada, não só histórica como de como agem esses bandos.

Fora aquelas posturas de querer trombar de frente com alguns deles pra depois saírem correndo do site com medo e o escambau (quando nada disso é necessário), além de ignorarem o contexto ao qual esses bandos estão inseridos no país.

Eu acho que você já viu gente falando como se o nazismo pudesse "crescer" no Brasil ignorando o fato de que nazismo é só pra alemães e o que deveria ser discutido é o fascismo, por mais que esses caras que se fantasiam de neos queiram parecer "arianos" ou "viajar" em algum delírio mitológico (ignorância) deles.

Em suma, é tanta palermice que eu achei por bem colocar esse vídeo com o áudio aí pro povo escutar. Alguns não precisam, mas tem um pessoal que aparece "bancando o herói" que precisa sim ouvir o conteúdo desse áudio pra depois não virem reclamar ou dar piti reclamando que se meterem em encrenca e o pior que muitas vezes querendo pôr a gente no meio disso.

Roberto disse...

O fato é, quem não tem noção clara do que é nazismo, fascismo, não separa posição ideológica (acha que pode vir pregar defesa disso ou daquilo aproveitando o assunto, achando que ninguém percebe), não tem uma visão clara humanista, não tem condição alguma de confrontar o problema.

A gente acaba passando por chato ao ter que dizer isso mas é que eu já cansei de ver gente vindo criar problemas com esse assunto achando que eu e todo mundo aqui tem o "maior saco" do mundo (paciência) pra aturar esse tipo de tosquice só porque fulano A ou B se declarou contra esses bandos. Esse tipo de "ajuda" é altamente dispensável, até porque não é ajuda e sim problema.

Por conta disso resolvi postar esse vídeo que já queria ter postado antes mas não deu (acabava esquecendo, deixando de lado e não postava).

Espero que esse pessoal ao menos escute o que o delegado da PF fala sobre isso antes de quererem sair por aí afora "bancando o herói".

Fora que outra questão acabou nem sendo abordada que é a questão regional: esses bandos não são propriamente um problema nacional e sim local/regional, só algumas cidades ou Estados do país é que apresentam esse tipo de manifestação ou bando, por isso que sempre menciono que essas pessoas antes de se apresentarem contra esses grupos que ao menos tenham isso bem claro na cabeça pois a maior parte do país não sofre com problemas de neonazismo, e isso é mais frequente em alguns estados ou cidades como por exemplo São Paulo capital, que até adicionam ao racismo histórico do fascismo/nazismo um preconceito regional ignorando o histórico de outros estados e regiões do país.

Mas em suma, é outro ponto que pretendo abordar pela frente até pra deixar bem claro o grau de "mitologia" e delírio que esses bandos que se dizem neonazis no Brasil estão mergulhados, é tanta idiotice e estupidez que você começa até achar os grupos neos de fora "menos estúpidos" que eles.

Quanto mais gente ouvir esse áudio, melhor, acho que o vídeo detalha tão bem o tipo de mentalidade e ação desses bandos que desarma qualquer pessoa que queira sair bancando "justiceiro" país afora.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget