quarta-feira, 11 de março de 2009

Site "revisionista" faz alusão explícita ao nazismo

A maioria dos "revisionistas"(negadores do Holocausto) adora alegar, ou mais precisamente tentar desassociar, a simpatia ou apologia ao nazismo no ato de muito empenho deles em negar o Holocausto. Mas eis que alguns "revisionistas"(negadores) não tão "discretos" assim, escancaram logo o jogo e mostram sua plena simpatia e afinidade com o nacional-socialismo(nazismo), fazendo alusões a símbolos nazistas no logotipo do site.

Site "revisionista" faz alusão a insígnia da SS com a letra H
http://www.historiography-project.com/



Insígnia original da SS e o logotipo do site com as astes horizontais da letra H em cinza:




Insígnia SS
História

No linguajar neonazista o HH é também costumeiramente associado à saudação nazista "Heil Hitler!". Pegando carona nos códigos da linguagem neonazi, muitas vezes o próprio HH é substituído pelo número 88 (pelo fato do H ser a oitava letra do alfabeto).

Mas como mencionado no início do post, segundo os "revis", "revisionismo"(negação do Holocausto) não tem nada absolutamente nada a ver com propaganda nacional-socialista(nazi). E claro, todos nós sabemos que somos "chapeuzinho vermelho", obviamente (risos).

O site "revisionista"(negador do Holocausto) em questão, o Historiography-project é também uma provocação e "resposta" dos "revis" ao site The Holocaust History Project que é dedicado ao Holocausto(este site não é "revisionista"):
http://www.holocaust-history.org/

O site do The Holocaust History Project inclusive sofreu um ataque nos computadores por parte de "revis", histórico do ataque:
http://www.holocaust-history.org/denial/denial-of-service.shtml

Mas os "revisionistas" costumam alegar que são vítimas, que nunca fazem absolutamente nada contra sites de documentação do Holocausto. Será? ...

7 comentários:

Leo Gott disse...

O negócio dos "revimanés" é negar tudo, daqui uns dias eles irão negar até a existência do "cabo boêmio". rsrsrs

Diogo disse...

Negacionistas, revisionistas, revis, revimanés... negam o Holocausto.

Mas o que foi o Holocausto?

Leo Gott disse...

Mas o que foi o Holocausto?

Você pode consultar a definição da Wikipedia, está bem suscinta:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Holocausto

Uma pergunta a você Diogo, o que é o "Revisionismo do Holocausto"?

Roberto Lucena disse...

"O negócio dos "revimanés" é negar tudo, daqui uns dias eles irão negar até a existência do "cabo boêmio". rsrsrs"

E você ainda duvida que um dia isso ocorra? rs

Periga até dos "revis" começarem a achar que o cabo Adolfo era um sionista oculto. rsrsrs

Johnny Drake disse...

Os revisionistas são tudo, de nazis para cima... E os "Exterminacionistas"? Serão defensores do Comunismo, do Sionismo, do Capitalismo ou mesmo da Democracia?
O que é mais importante,: o assunto ou a pessoa que aborda o assunto? Mesmo que, supostamente, a pessoa que aborda o assunto não tiver essa credibilidade exigida, isso é motivo para esquecermos o assunto?
Reduzir o revisionismo aos que são supostamente nazis é apenas desviar as atenções.

Roberto Lucena disse...

"Os revisionistas são tudo, de nazis para cima..."

Johnny, te respondendo aqui pois ia comentar noutro comentário que você mandou mas não estou encontrando o mesmo, e gostaria de responder as tuas acusações sobre terem "afirmado" que você era odinista e você estar fazendo um cavalho de batalha disso como se tivesse sido vítima de algo.

Os "revis" não são nazis ou simpatizantes do nacional-socialismo?

"O que é mais importante,: o assunto ou a pessoa que aborda o assunto? Mesmo que, supostamente, a pessoa que aborda o assunto não tiver essa credibilidade exigida, isso é motivo para esquecermos o assunto?"

Depende. Se uma pessoa faz uma pergunta sincera e honesta eu acho que merece uma resposta sim. Se uma pessoa só está a fazer pergunta capciosa com intuito malicioso pra "provar" que o nazismo era um regime de anjos, não sou adepto de uma postura amistosa. Mas isso é posicionamento meu, não sei o que os demais pensam sobre como abordar essa questão das perguntas. Comento isso porque já "debati" com "revisionistas" em outros cantos e conheço o retrospecto que costuma tomar discussões com "revisionistas".

"Reduzir o revisionismo aos que são supostamente nazis é apenas desviar as atenções."

A maioria que é simpatizante do "revisionismo" tem afinidades com o fascismo ou grupos de extrema-direita. A questão que deveria ser comentada é: porque simpatizantes do fascismo sentem medo(de ver suas imagens perante o público associada a isso) quando é mencionado a palavra fascismo ou nacional-socialismo, se acaso e de fato forem simpatizantes?

Roberto Lucena disse...

Outra questão, sobre o odinismo, já que não achei o comentário que você mandou embora chegue um aviso no e-mail, eu não afirmei que você era odinista, eu fiz a mesma pergunta que o Leo sobre se você era, em virtude de haver o nome odin ou odinista(citando de memória) no e-mail.

E disse que, em caso afirmativo(eu pus uma condição pra validar meu comentário, coisa que você pelo visto ignorou solenemente), era estranho ver um odinista ou odinista(alguém que professe uma religião neopagã) concordando com um bispo tradicionalista católico(o Williamson) uma vez que a Igreja Católica não é lá muito "simpatizante" de cultos neopagãos(o "simpatizante" ai foi entre aspas, uma ironia em virtude do fato deles não serem em hipótese alguma simpáticos a essas práticas).

Eu não afirmei, eu perguntei, e fiz um comentário com uma condicional, que só seria válido em caso de uma pessoa ser adepta de algum culto neopagão e concordar com um bispo católico tradicionalista em certas questões, nada além disso. Favor não distorcer o que foi dito, eu não afirmei, eu fiz uma pergunta e um comentário com uma condicional inclusa nele.

Periga deu começar a achar que terei que pôr por extenso até uma explicação adicional do que por ventura comento.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget