quinta-feira, 21 de abril de 2011

Cartas sobre o programa de eutanásia

Tradução de algumas cartas trocadas entre autoridades do III Reich e/ou representantes de setores da sociedade alemã sobre o extermínio sistemático de deficientes físicos e mentais.

Estas cartas foram publicadas nos volumes da compilação A History in Documents and EyeWitness Accounts, entre outras. As traduções do alemão para o inglês se encontram nesta página:
http://www.remember.org/witness/links.let.eut.html
_____________________________________________

Cartas sobre a Eutanásia

Carta do chefe da instituição de deficientes mentais em Stetten para o Ministro da Justiça do Reich Dr. Frank, 06 de Setembro de 1940 [ToWC, Vol. I, p. 854]

Caro Ministro do Reich,

A medida sendo tomada no presente com os pacientes mentais de todos os tipos têm causado uma completa falta de confiança na justiça entre grandes grupos de pessoas. Sem o consentimento dos parentes ou guardiões, tais pacientes estão sendo transferidos para diferentes instituições. Após um período curto eles são notificados de que tal pessoa morreu de alguma doença... Se o estado realemente quer levar a cabo o extermínio destes ou pelo menos de alguns pacientes mentais, não deveria uma lei ser promulgada, que possa ser justificada perante a estas pessoas - uma lei que daria a todos a garantia de exame cuidadoso tanto para ser destinado a morrer ou entitulado a viver e também ser dados aos parentes uma chance de serem ouvidos, de modo similar, como previsto por lei para a prevenção de Progenia Hereditária Afetada?

-------------------------------------------

Carta do Dr. Wurm, da Igreja Provincial Evangélica de Wuerttemberg, para o Ministro do Interior do Reich, Dr. Frich, 05 de Setembro de 1940 [NCaA, Supp. A, p. 1223]

Caro Ministro do Reich,

Em 19 de Julho eu enviei uma carta sobre o extermínio sistemático de lunáticos, débeis mentais e pessoas epiléticas. Desde então esta prática alcançou proporções tremendas: Recentemente os internos de abrigos de idosos têm sido incluídos. A base para esta prática parece ser que em uma nação eficiente não deverá haver lugar para pessoas fracas ou frágeis. É evidente por muitos relatórios que estamos recebendo que o sentimento das pessoas esta sendo profundamente ferido pelas medidas ordenadas e que o sentimento de insegurança legal está se espalhando e é pesaroso sob o ponto de vista dos interesses nacionais e do estado.

------------------------------------------

Carta do Bispo da Igreja Católica Romana de Limburg ao Ministro da Justiça do Reich, 13 de Agosto de 1941 [ToWC, Vol. I, p. 845]

Onibus chegam a Hadamar várias vêzes por semana com um grande número destas vítimas. Crianças das escolas das redondezas conhecem estes veículos e dizem: "Lá vai o vagão assassino". Após a chegada de tais veículos os cidadãos de Hadamar então vêem a fumaça vindo da chaminé e estão magoados pelos constantes pensamentos sobre as pobres vítimas especialmente quando, dependendo da direção do vento, eles têm que suportar o odor revoltante. A consequência dos princípios sendo praticados aqui é que as crianças, quando reunidas com outras, fazem comentários do tipo: "Você é obtuso, você será posto num forno em Hadamar". Pessoas que não querem se casar ou não tiveram a oportunidade dizem: "Casar? Sem problemas. Ponha crinaças em um mundo que então vai acabar dentro de uma chaminé". Pessoas idosas estão dizendo "de forma alguma eu vou para um hospital do estado! Depois dos débeis mentais, os idosos serão os próximos na fila como bocas inúteis a serem alimentadas".

--------------------------------------------------------------

Extraído do diário do General Halder, Setembro a Novembro de 1941 [ToWC, Vol. X, p. 1195]

26 de Setembro de 1941:....h.

Instituições mentais no Grupo de Exércitos Norte. Russos consideram débeis mentais como seres sagrados. Matá-los é necessário, nada menos.
_____________________________________________

Fonte: A History in Documents and EyeWitness Accounts
http://www.remember.org/witness/links.let.eut.html
Tradução: Antonio Freire

Ler também:
A decisão de Kurt Gerstein de entrar para as Waffen-SS (blog avidanofront)

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget