sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Neonazistas presos por ataque racista no Rio Grande do Sul

Homens são presos por racismo depois de esfaquear segurança em metrô
Da Redação, com informações do Jornal da Band
cidades@eband.com.br

Dois homens foram presos por racismo depois de esfaquear segurança em uma estação de metrô no centro de Porto Alegre, na noite de quarta-feira. A vítima foi ferida à faca depois de advertir quatro pessoas que estavam urinando na rampa de acesso.

De acordo com Rubens Pazin, Diretor de Operações do Metrô, os agressores teriam dito que todos os negros deveriam morrer. Três estavam armados com facas e um com um martelo, mas o segurança se defendeu com um bastão. Ele foi ferido com uma facada no pescoço, mas passa bem.

Daniel Fabrício Silva de Oliveira, de 21 anos, e Laureano Toscani, de 24, foram presos em flagrante e autuados por tentativa de homicídio e racismo. Os outros homens fugiram.

Os dois presos fazem parte de uma organização neonazista no Rio Grande do Sul. Laureano Toscani já responde a processo por tentativa de homicídio contra três judeus em 2005.

Fonte: eBand(Rede Bandeirantes)
http://www.band.com.br/jornalismo/cidades/conteudo.asp?ID=209087
Obs: Vídeo da Reportagem no link acima

Mais:
O Globo; G1; Jornal Tribuna do Brasil; Diário do Pará

2 comentários:

Pronto, falei! disse...

Não existem "revis". Esses canalhas são ligados ao PCC.

http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/diario-gaucho/19,0,2692945,Neonazista-preso-na-Capital-tem-ligacao-com-o-PCC-diz-delegado.html

Pronto, falei! disse...

O que eu queria dizer é:
Não existem "revis". São todos nazis e bandidos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget