quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Shoá: milhares de documentos e fotos online - Google e Yad Vashem

TEL AVIV, Israel - A mais importante coleção de documentos sobre o genocídio dos judeus pelos nazistas durante a Segunda Guerra mundial está disponível na Internet.

O Museu Memorial da Shoá, Yad Vashem, lançou esta inicitiva na quarta-feira com o lançamento de 130 mil fotos online consultáveis pelo site de buscas norte-americano Google, parceiro do projeto. A coleção deverá se extender mais tarde à outras partes dos vastos arquivos do museu.

A fórmula permite fácil acesso aos documentos, inclusive através de palavras-chave. Um fórum associado permite que aos usuários contribuirem com o projeto, adicionando suas próprias histórias, comentários e documentos sobre seus familiares que aparecem no arquivo online.

O Google tem utilizado uma tecnologia experimental de reconhecimento ótico de caracteres para permitir a pesquisa ativa em várias línguas no texto de documentos e fotos.

O presidente do Yad Vashem, Avner Shalev, disse que o benefício em chamar os jovens que procuram informações sobre seus antepassados supera o risco de publicação de comentários antissemitas.

Já nesta semana, o Yad Vashem lançou uma versão em seu canal de vídeo online no YouTube, para que os iranianos, cujo país é o maior inimigo de Israel, possam aprender sobre o Holocausto, no qual morreram cerca de seis milhões de judeus.

O memorial está agora trabalhando para digitalizar sua coleção de testemunhos de sobreviventes do genocídio.

Pra quem quiser acessar o banco de fotos do Yad Vashem na internet, link: http://collections.yadvashem.org/photosarchive/

Fonte: AP/Métro (Canadá, 26 de janeiro de 2011)
http://www.journalmetro.com/monde/article/754397--shoah-des-milliers-de-documents-et-photos-en-ligne
Tradução: Roberto Lucena

Ver mais:
Google amplia acesso a arquivos do Holocausto (Gazeta do Povo)

3 comentários:

Daniel disse...

Ontem eu estava no site do Yad Vashem e estranhei a quantidade de fotos por lá. Agora leio aqui que foi uma parceria com o Google. Bem interessante a parceria.

Roberto disse...

O pior é que eu só achei o link pro bando de dados de foto por essa matéria que eu postei acima, nas outras que havia visto em português não indicavam o link pra acessar esse banco de imagens do Google em parceria com o Yad Vashem.

Vamos ver como ficará quando eles tiverem colocado um número mais considerável de fotos nesse bando de imagens.

Daniel disse...

Tem umas fotos lá sobre os Einsatzgruppen que nem tinha visto ainda, e que usarei em post futuros.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget