quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Alterações técnicas nas vans assassinas - Holocausto (Chelmno)

Tradução: Alterações técnicas nas vans assassinas.
Carta de Willy Just para o SS-Obersturmbannführer Walter Rauff, 5 de Junho 1942.

Assunto: Alterações técnicas para os veículos especiais já em operação e aqueles em produção.

Desde dezembro de 1941, por exemplo, 97 mil foram processados usando-se 3 vans sem nenhuma falha de desenvolvimento destes veículos. A bem-conhecida explosão em Kulmhof (Chelmno) deve ser tratada como caso especial. Foi causada por falha prática. Instruções especiais têm sido dadas aos escritórios competentes de forma a evitar tais acidentes. As instruções também são voltadas para assegurar um considerável aumento no grau de segurança.

Experiências operacionais indicam que as seguintes alterações técnicas são apropriadas...

2) As vans são normalmente carregadas com 9 a 10 pessoas por metro quadrado. Com as maiores vans especiais Saurer isto não é possível porque embora elas não se tornem sobrecarregadas, sua manobrabilidade é muito prejudicada. Uma redução na área de carga parece desejável. Isto pode ser alcançado pela redução do tamanho da van em cerca de 1 metro. A dificuldade referida não pode ser alcançada pela redução do tamanho da carga. Pois uma redução no número necessitaria de um período maior de operação porque o espaço livre teria que ser preenchido com CO2. Em contraste, uma área de carga menor que é completamente cheia requer um período de operação muito mais curto já que não há espaço livre...

3) A mangueira de conexão entre a exaustão e a van frequentemente enferruja porque ela é corroída internamente pelos líquidos que caem nela. Para prevenir isto a peça de conexão deve ser movida para o gás ser alimentado de cima para baixo. Isto prevenirá que líquidos caiam nela.....

4) A iluminação deve ser melhor protegida contra danos do que atualmente.... Têm sido sugerido que a iluminação deve ser dispensada porque alegadamente ela nunca é usada. Contudo a experiência mostra que quando a porta traseira é fechada e portanto se torna escura, a carga pressiona com força em direção à porta.... Isto torna difícil o fechamento da porta. Além disso, têm sido observado que o barulho sempre começa quando as portas são fechadas, presumidamente devido ao medo trazido pela escuridão. (Just)

Fonte: "Nazism: A History in Documents and EyeWitness Accounts, 191-1945", vol. 2, document 913
Colaboração e tradução: Antonio Freire

O texto em inglês também se encontra no link: Nazi Correspondence Regarding Gassing Vans (Jewish Virtual Library)

8 comentários:

Daniel disse...

http://a-dyukov.livejournal.com/765491.html

olha que interessante, passei para o Leandro também, é um laudo sovietico relatando que crianças morreram por asfixia.
Só colocar no tradutor que da para ler, está em russo. Falta a fonte primaria de onde é esse documento, mas de uma olhada. Achei por sorte.

Roberto disse...

Vou ver(mas não prometo pra breve, às vezes demora pra repassar) se consigo repassar isso pro Romanov do Holocaust Controversies(no próprio blog dos caras), pois ele sabe russo. Se ele traduzir esse documento(e achasse a fonte) seria uma maravilha.

Roberto disse...

E veja a importância de armazenar esses textos num blog, o que teria de textos perdidos seria literalmente "uma festa"(no pior sentido do termo).

Esse texto(tradução) das vans estava perdido na comunidade do Orkut desde 2006. Achei meio que ao acaso procurando os tópicos que ficaram "mutilados" por conta de cortes de perfis uma vez que o site apaga tudo que a pessoa postou, caso ela apague o perfil.

Daniel disse...

http://2.bp.blogspot.com/_IzukZ0mOPYM/S072hxJSFBI/AAAAAAAAAlc/bTZ982-C8Iw/s320/%D0%BE%D0%B1%D0%B7%D0%BE%D1%80+001.jpg

http://bibpobeda.blogspot.com/p/blog-page_506.html

acho que é esse o livro, quase certeza. A tradução seria algo como: "O livro é sobre as terríveis atrocidades dos nazistas no Território de Krasnodar. Para escrever o livro usado os documentos originais e materiais de arquivo. "

Se ele sabe russo, vai ser uma boa, pois um livro cheio de documentos é de grande valia. Depois você me fala o que ele disse.

Sobre o texto da comunidade, o ruim é isso, se o cara apaga o perfil apaga o texto, por isso armazenar no blog é bem melhor.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Roberto disse...

Vou ver se posto isso hoje lá no HC, aí o pessoal checa. Por falar nisso, eu lembro que achei um livro inteiro em PDF sobre o Holocausto na Letônia(se não me engano) só quem em cirílico e esqueci de postar o link no HC pro pessoal ver.

"Sobre o texto da comunidade, o ruim é isso, se o cara apaga o perfil apaga o texto, por isso armazenar no blog é bem melhor."

Por isso que fiz uma vasculha lá, salvei o que deu ou o que achei de tradução, e mesmo assim tem coisas postadas lá(se não apagaram) de anos atrás que estão inteiras. Isso ocorre em maior proporção na lista do yahoo que era do Marcelo Oliveira, deve ter muita tradução de texto perdida ainda na lista.

Roberto disse...

Só pra avisar e constar mesmo pois já havia avisado que se algum neo quisesse fazer "graça" que nem perdesse tempo pois não terá comentário publicado, só liberei pra marcar o comentário.

Há dois comentários excluídos acima, parece ser de um neo que assinou como estando em SC mas pode ser despiste pra em caso de denúncia confundir a polícia. Citando esses sites revimanés deles(o incrível é que neonazi no Brasil repassa a doutrina em português, rs).

É incrível a imbecilidade desses dementes de suástica pintada no rabo achando que "chocam" postando essas besteiras(sites "revis"/nazi) que todo mundo aqui já está careca de saber.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget