sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Vice-premiê diz que Japão pode se inspirar no nazismo para reformar constituição

Taro Aso, vice-primeiro-ministro e ministro
das finanças do Japão. Reuters/RFI
O vice-primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, declarou que seu país poderia se inspirar da Alemanha nazista na hora de reformar sua constituição. A frase gerou uma reação indignada da organização judaica Simon Wiesenthal, que preserva a memória do Holocausto.

"A constituição da Alemanha de Weimar foi discretamente substituída pela constituição da Alemanha nazista: por que não se inspirar da tática deles?", disse Taro Aso durante uma debate organizado na segunda-feira por um centro de pesquisas conservador.

O Centro Simon Wiesenthal afirmou imediatamente que "as únicas lições em termos de governo que as autoridades podem tirar do Terceiro Reich nazista são sobre as coisas que não devem ser feitas".

Nesta quarta-feira, o porta-voz do governo,Yoshihide Suga, se recusou a fazer comentários, enfatizando que "é o vice-primeiro-ministro Aso quem tem que responder".

Reforçado por uma nova vitória eleitoral, o Partdo Liberal-Democrata (PLD, de direita) do primeiro-ministro Shinzo Abe informou que pretende reformar a constituição pacifista imposta ao Japão pelos Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial.

Esse anúncio foi feito bem no momento em que apareceram novas tensões com a China e a Coreia do Sul. Esses dois vizinhos, que foram vítimas do passado militarista do Japão, se mostraram inquietos com a perspectiva de uma nova constituição.

Taro Aso, que também é ministro das Finanças, é conhecido por suas gafes. No início do ano ele foi obrigado a se desculpar depois de ter pedido que as pessoas em estado terminal morressem "rapidamente" para reduzir as despesas de saúde.

Fonte: RFI
http://www.portugues.rfi.fr/mundo/20130731-vice-premie-diz-que-japao-pode-se-inspirar-no-nazismo-para-reformar-constituicao

Um comentário:

Luís Gabriel N. Simas disse...

Ai meu Deus... Lá vem os Japoneses com essa papo de novo...!!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget