quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Ciganos têm história marcada pelo preconceito

Grupo faz parte de uma das minorias étnicas mais marginalizadas na Europa

Foto: Crianças ciganas do grupo Rom sorriem em acampamento na periferia de Sofia, capital da Bulgária
Nikolay Doychinov/19.08.2010/AFP

Muitos, quando ouvem a palavra “cigano”, pensam em povos nômades que prevêem o futuro. Há diversas teorias sobre a origem destes povos, pois não existem muitos registros sobre sua história inicial.

Somente a partir de meados do século 18, os primeiros livros sobre os ciganos europeus foram publicados, e quase todos os autores reforçaram ainda mais os estereótipos negativos. Muitos acreditam que sua origem vem do Egito, outros da Índia ou do Paquistão.

Hoje, eles vivem espalhados pelo mundo, e grande parte deles se concentra na Europa, continente no qual sofreram o maior massacre de sua história.

No período da Alemanha nazista, eles foram um dos principais alvos do massacre contra minorias. Além dos judeus, os ciganos foram exterminados durante o Holocausto (1939-1945) e alguns historiadores apontam que 25% de tal população desapareceu. Os ciganos foram também reprimidos e perseguidos em outros locais na Europa como Itália e Espanha.

Os ciganos fazem parte de uma das minorias étnicas mais marginalizadas da Europa. A Suíça foi um dos primeiros países a instituir leis contra os ciganos em seu território, por volta de 1470.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), grande parte da população cigana migrou para os Estados Unidos, onde aglomera cerca de 1 milhão de ciganos. Aproximadamente 8 milhões vivem na Europa e, hoje, formam a maior minoria sem um país.
Atualmente uma das maiores ameaças contra o grupo está no movimento neonazista e em outros de caráter nacionalista. A rede CNN veiculou recentemente um programa especial sobre a minoria. As crianças ciganas desacompanhadas são o principal alvo de grupos nacionalistas violentos, de acordo com a série.

Segundo o jornal The New York times, a crise econômica mundial de 2008 intensificou as discriminação contra os ciganos, pelo velho estereótipo dos ciganos de praticar pequenos crimes.

O relatório do Banco Mundial (BM) de 2008 afirma que em alguns casos os ciganos são até dez vezes mais pobres que o resto da população europeia. Sua expectativa de vida é entre 10 e 15 anos menor que a média e sofrem altos níveis de discriminação nos setores de educação, trabalho, casa e saúde.

Em 2006, o Conselho da Europa iniciou uma campanha para tentar combater a questão.

Confira também
França inicia deportação de ciganos

Fonte: AFP/R7(Brasil)
http://noticias.r7.com/internacional/noticias/ciganos-tem-historia-marcada-pelo-preconceito-20100819.html

9 comentários:

Stefano disse...

qm diria... o judeu Sarkozy deportando ciganos. Imagina se algum govenro atual fizesse o mesmo com os judeus. O escandalo seria maior

Roberto disse...

"Stefano disse...
qm diria... o judeu Sarkozy deportando ciganos. Imagina se algum govenro atual fizesse o mesmo com os judeus. O escandalo seria maior"


'Interessante'... mas me explica uma coisa, como é que o Sarkozy "virou" judeu? Estão usando os critérios "raciais"(pseudobilogia e racismo) do III Reich pra definir isso?

Dá uma lida nesse link da Wikipedia:
Nikolas Sarkozy

"Ele(o pai) retornou à vida civil em Marselha em 1948 e, apesar de só ter requisitado cidadania francesa na década de 1970 (seu status legal era de apátrida até ali), galicizou seu nome húngaro para "Paul Sarközy de Nagy-Bocsa". Formou-se publicitário, e em 1949 casou-se com Andrée Mallah, filha dum médico cirurgião parisiense, e judia sefardita convertida ao catolicismo e estudante de Direito."

Ou seja, o cara provavelmente foi batizado como católico e o pai não tinha ascendência judaica, só a mãe. Mas você transformou o cara em "judeu" pra fazer a crítica.

Curiosa(mas não é novidade) essa obsessão "revisionista" com judeus. Por que será?

Roberto disse...

Não tinha visto o resto do link, mas eu sabia que ele era católico(confirmando):

"Seu avô, judeu sefardita de nascimento, originário de Tessalónica, se converteu ao catolicismo ao se casar com a avó de Sarkozy, uma francesa católica de nascença, de modo que Nicolas foi criado no catolicismo e, tal como seus irmãos, foi batizado e é católico praticante. Sarkozy disse recentemente que um de seus modelos a seguir foi o falecido papa João Paulo II."

Curiosa essa "obsessão" dos "revisionistas" em transformar todo mundo em "judeu" pra discriminar e justificar preconceitos....

Roberto disse...

Sei que o link postado é um link da Wikipedia, que é uma "fonte" problemática(e em português pior ainda), mas o conteúdo do link está correto(se não eu não passaria) e o texto já se encontra traduzido.

Stefano disse...

Estou ironizando a xenofobia de "Messiê Sarkô" porke ele descendende de imigrantes e judeus. Depois falam mal de Le Pen!

Stefano disse...

ah.. engraçado.... ACM era antisemita...
http://bahiadefato.blogspot.com/2007/07/verdade-sobre-acm-nas-pginas-da.html
e nunca ouvi falar de um processo contra ele por isso.

Roberto disse...

"Stefano disse...
Estou ironizando a xenofobia de "Messiê Sarkô" porke ele descendende de imigrantes e judeus. Depois falam mal de Le Pen!"


Continuo "sem entender" a associação.

O que tem a ver o fato de Sarkozy ser descendente de judeus com a xenofobia dele? É preciso ser(ou não ser) judeu pra ser xenófobo? Viajou legal.

Ele foi criado como católico e se vê como católico, e também não foi esse fator que o tornou xenófobo, pelo menos aparentemente.

Separei uma matéria do Le Monde onde vem "elogiando" a xenofobia do Sarkozy de cima abaixo, se quiser ler logo o título dela é esse: "Paris entra no clube dos “ultras”".

Le Pen pelo visto está bem acompanhado, mas Le Pen é revimané assumido. Xenofobia e "revisionismo" andando junto de novo(rs).

Roberto disse...

"Stefano disse...
ah.. engraçado.... ACM era antisemita...
http://bahiadefato.blogspot.com/2007/07/verdade-sobre-acm-nas-pginas-da.html
e nunca ouvi falar de um processo contra ele por isso."


E o que isso tem a ver com o post sobre os ciganos sendo deportados na França e o "Sarkozy judeu"(alegação sua)?

Essa capacidade dos "revis" de fugirem do assunto postando outros sempre me "impressionou", rsrsrsrsrs.

leandro disse...

"Essa capacidade dos "revis" de fugirem do assunto postando outros "

e desde quando revi tem uma linha de raciocinio?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget